//
você está lendo...
Direitos e Cidadania Indígena, Eventos

CARTA DE REPÚDIO CONTRA PEC 215 – DOS POVOS INDÍGENAS DO NEGRO

Participantes da reunião

Participantes da reunião

Nós Movimento Indígena do Rio Negro reunido nestes dias 14 a 17 de Maio de 2013 na maloca da FOIRN no município de São Gabriel da Cachoeira, Estado do Amazonas, organizados em Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro desde 1987, representante de 31 povos diferentes, 750 comunidades, vem publicamente declarar para todos os Brasileiros e a outros que possam interessar, que somos completamente contra PEC-215 que está em tramitação no Congresso Nacional.

Entendemos que este projeto de Emenda Constitucional é uma reação negativa dos colonizadores de nossas terras há muito tempo atrás quando ainda não tínhamos direitos reconhecidos na Constituição da República Federativa do Brasil. Os nossos direitos estão garantidos hoje na nova Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, fruto de luta e perda de muitas vidas de muitas etnias e línguas indígenas.

Hoje para nós está muito claro porque as terras indígenas ainda não foram todas demarcadas que tinha um prazo constitucional de (5) cinco anos a partir da nova constituição em vigor, que faz hoje mais de 25 anos, portanto, um atraso de 20 anos.

A partir do momento em que as terras indígenas foram sendo demarcadas, inclusive as mais polemicas, mas valendo nosso direito de anterioridade ao Estado Nacional Brasileiro reconhecido, os afetados não admitiram esse fato de direito. Por isso organizaram-se através do poder do voto para eleger seus representantes no Congresso Nacional para que a partir dali encontrasse em poder e tão somente para sua vingança. É como se o ladrão tentasse transformar seu ato condenado pelo direito em um direito. Por isso essa PEC-215 é inconstitucional.

Pedimos mais uma vez da sociedade Brasileira como universitários, profissionais, artistas e outros que nos ajudaram conquistar esse nossos direitos e outras minorias e que fizeram a “Constituição Brasileira” ser uma das leis nacionais mais cidadã do mundo e não pode retroceder. Por isso pedimos que a PEC -215 seja anulada.

Atenciosamente, os Conselheiros das coordenadorias regionais( COIDI, COITUA,CABC,CAIMBRN e CAIARNX).

  1. Cesar Fernando de Lara
  2. Esmeraldo Maia
  3. Maristela Araujo Cordeiro
  4. Almir Vieira de Lima
  5. Simão Pedro Pedrosa Campos
  6. Maximiliano Correa Menezes
  7. Renato Sampaio Macedo
  8. Leôncio Alba Carvalho
  9. Nelson Cordeiro Aguiar
  10. Maximiliano Correa Menezes
  11. Renato Sampaio Macedo
  12. Leôncio Alba Carvalho
  13. Nelson Cordeiro Aguiar
  14. Adão Henrique
  15. Luiz Brazão dos Santos
  16. Evanildo Mendes Melgueiro
  17. Carlos de Jesus da Silva Ricardo
  18. Ronaldo de S. Apolinario
  19. Franklin Paulo da Silva
  20. Laureano Americo Monteiro
  21. Lucas Felipe da Silva
  22. Abrahão de Oliveira França
  23. Sidnei José  Olar dos Santos
  24. Maria Lucilene L. Fidelis
  25. Orlando Jose de Oliveira
Anúncios

Sobre FOIRN - Comunicação

Somos a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro a entidade sem fins lucrativos, fundada em 30 de abril de 1987, para lutar e defender os direitos dos povos indígenas do alto Rio Negro.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do blog

  • 66,216 Visitas

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 70 outros seguidores

Agenda da Foirn

maio 2013
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Publicações

Foirn no twitter

%d blogueiros gostam disto: