Indígenas recebem formação sobre Tecnologia Social da Memória e Produção Audiovisual

O Museu da Pessoa está em Iauaretê, Terra Indígena Alto Rio Negro, para a primeira etapa de formação com jovens indígenas do povoado de Iauarete.

Roda de histórias durante a formação. Foto: Reprodução – Museu da Pessoa

A atividade está sendo realizada em parceria com a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn) e associações locais, no período de 09 a 18 de setembro.

Roda de histórias na Cachoeira da Onça. Foto: Reprodução – Museu da Pessoa

Em Iauaretê, povoado na fronteira entre Brasil e Colômbia, se localiza a Cachoeira das Onças, registrada em 2006 como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil e Lugar Sagrado dos povos indígenas da região.

Depois da formação, os jovens farão entrevistas e rodas de histórias com conhecedores mais velhos, com o objetivo de registrar e preservar as memórias dos detentores desse patrimônio.

A ação faz parte de um projeto maior que está sendo executado pelo Museu da Pessoa, em parceria com a FOIRN e associações indígenas locais. O projeto visa contribuir com o registro e preservação das histórias e memórias dos detentores dos dois Patrimônios Culturais Imateriais do Rio Negro: a Cachoeira das Onças e o Sistema Agrícola Tradicional do Rio Negro. A etapa do Sistema Agrícola se inicia na próxima semana, na região do Médio Rio Negro.

Participam do projeto lideranças, conhecedores mais velhos e jovens indígenas das duas localidades. Dentre os jovens estão alguns dos comunicadores indígenas da rede Wayuri.

Texto: Aline – Museu da Pessoa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: